, ,

SAÚDE MENTAL: MENTE SÃ EM CORPO SÃO

A Teia D’Impulsos – Associação Social, Cultural e Desportiva, em parceria com a Câmara Municipal de Portimão e integrado no Programa da Cidade Europeia do Desporto, encontra-se a desenvolver o projeto Saber + para Viver Melhor. Trata-se dum conjunto de sessões de formação dirigidas à comunidade, concebidas com os seguintes objectivos: educação da população para a saúde; promoção de estilos de vida saudáveis; e, promoção da literacia em saúde na comunidade.

A quarta edição do Saber + para Viver Melhor irá decorrer no próximo dia 18 de Abril, a partir das 18h30, na Casa Manuel Teixeira Gomes em Portimão. O tema escolhido para a edição de Abril será Saúde Mental, sendo o painel de convidados interpelado para a promoção da saúde mental, da prevenção da doença e ainda atividade Física na promoção da Saúde Mental.

Para nos falar de “Saúde Mental – Mente Sã em Corpo São”, vamos contar com um painel de 2 convidados que abordarão os temas: “Mente Sã: Da promoção da saúde mental à prevenção da doença” por Maria do Carmo Cruz, Psiquiatra, Diretora do Serviço de Psiquiatria e Saúde Mental 2, Unidade Hospitalar de Portimão do CHUA e “A Atividade Física na promoção da Saúde Mental” por Carla Martins, Professor Assistente do ISMAT de Educação Física e Desporto. A moderação da sessão estará ao cargo de Ricardo Louro.

A participação nas sessões do Saber + para Viver Melhor é de entrada livre e sem necessidade de inscrição prévia. Os participantes terão ainda oportunidade de colocar questões e dúvidas aos especialistas que compõem o painel de convidados.

Mais informações acerca desta e outras iniciativas da Associação Teia D’Impulsos em www.teiadimpulsos.pt e na página de facebook da Teia D’Impulsos.

 

Portimão, 16 de Abril de 2019

A Direção da Teia D’Impulsos

 

, ,

A Escola e o Desporto – Serão os temas debatidos no próximo Teia D’Ideias

O próximo Teia D’Ideias terá lugar no dia 11 de Abril pelas 21.00h, subordinado ao tema “A Escola e o Desporto” [Programa da Capital Europeia do Desporto] a acontecer na Casa Manuel Teixeira Gomes em Portimão.

Participe!

 

, , , ,

Jornadas do Arade voltam a Portimão com temas da actualidade

 

 

O Arade volta a dar o mote para dois dias de discussão que começam já na próxima sexta-feira, dia 8 de Março, com o arranque das III Jornadas do Arade. Os trabalhos decorrem no auditório do Museu Municipal de Portimão e convidam à avaliação do presente e à projecção do futuro dos quatro municípios da Bacia do Arade: Portimão, Lagoa, Silves e Monchique.

Nesta edição, Portimão – Cidade Europeia do Desporto 2019, estará em grande destaque: uma mesa-redonda dedicada ao tema “Promoção da prática desportiva a nível local – Da Formação ao Alto Rendimento” irá dar o pontapé de saída das Jornadas pelas 15h00 de sexta-feira e uma conferência em torno de “Portimão Cidade Europeia do Desporto” irá encerrar os trabalhos no final da tarde de sábado. No entremeio, muitos serão os temas discutidos em mesas-redondas, sessões de controvérsia e conferências. Destaque para a sessão de abertura, com a palestra “CRESC Algarve 2020 – Que frutos para as Terras do Arade?” a cargo de Francisco Serra, presidente da CCDR Algarve. Será pelas 16h30 de sexta-feira.

O debate promete ser vivo e proveitoso nas três sessões de controvérsia desta edição. Os temas não poderiam estar mais na ordem do dia: “Taxa Turística no Algarve: Oportunidade ou Problema?” (Sexta-feira, 17h30), “40 anos de SNS no Algarve: Que caminhos para o futuro?” (Sábado, 12h00), “Gestão da Floresta – O que mudou ou vai mudar após o Incêndio de Agosto de 2018?” (Sábado, 16h15).

O património local (Sábado, 10h00), a prospecção arqueológica no rio Arade (Sábado, 11h15) e os eventos intermunicipais que dinamizam a região (Sábado, 14h30) também terão o seu lugar nas III Jornadas do Arade, com a divulgação de projectos inovadores que se encontram a ser desenvolvidos na região e convidando à participação activa do público num espaço de debate que se quer aberto a todos.

 

Das palavras à acção, o Domingo de manhã será dedicado à actividade física e ao diálogo entre gerações. Pelas 10h00, junto ao Museu Municipal de Portimão, terão início as I Olimpíadas do Arade de Jogos Tradicionais e todos estão convidados a aparecer e a participar.

As Jornadas do Arade são uma iniciativa da Associação Teia D’Impulsos, enquanto parte do projecto CAIC – Cidadania Activa e Intervenção Cívica, que conta com o apoio dos municípios de Portimão, Lagoa, Silves e Monchique e de várias organizações e empresas locais que tornam esta iniciativa possível.

A entrada é livre mas sujeita a inscrição através do site www.jornadasdoarade.pt, onde também se poderá obter mais informações sobre as III Jornadas do Arade. Existirá ainda a possibilidade dos interessados formalizarem a sua inscrição no local. Poderá igualmente contactar-nos para o endereço electrónico jornadasdoarade@gmail.com.

 

Mais informações sobre o programa poderão ser encontradas no website www.jornadasdoarade.pt.

 

,

Obesidade a Epidemia do Século XXI – Vamos Combatê-la?

A Teia D’Impulsos – Associação Social, Cultural e Desportiva, em parceria com a Câmara Municipal de Portimão e integrado no Programa da Cidade Europeia do Desporto, encontra-se a desenvolver o projeto Saber + para Viver Melhor, que consiste num conjunto de sessões de formação dirigidas à comunidade, que foi concebido com os objectivos de educação da população para a saúde, promoção de estilos de vida saudáveis e promoção da literacia em saúde na comunidade.

A segunda edição do Saber + para Viver Melhor irá decorrer no próximo dia 28 de Fevereiro, a partir das 18h30, na Casa Manuel Teixeira Gomes em Portimão. O tema escolhido para a edição de Fevereiro é precisamente um dos maiores problemas de saúde pública de Portugal, a Obesidade. No nosso país, quase metade da população apresenta excesso de peso e perto de um milhão de adultos sofre de obesidade. Estes números preocupantes estão, entre outras causas, ligados a hábitos de vida mais sedentários e à transformação dos hábitos alimentares. Considerada pela Organização Mundial da Saúde como uma epidemia, a obesidade afecta a longevidade e a qualidade de vida. Por favorecerem doenças como a diabetes tipo 2, a hipertensão arterial ou a dislipidémia, o excesso de peso e a obesidade levam a um importante aumento do risco cardiovascular.

Para nos falar de “Obesidade a Epidemia do Século XXI – Vamos Combatê-la?”, vamos contar com um painel de 3 convidados que abordarão os temas: “Porquê combater a Obesidade?” – Susana Lourenço (Especialista de Medicina Geral e Familiar, Unidade de Saúde Familiar Portas do Arade de Portimão); “A Nutrição no Combate à Obesidade” – Ana Rita Horta (Nutricionista, Grupo HPA Saúde); “A Atividade Física no Combate à Obesidade” – Rui Batalau (Personal Trainer, Doutorado em Actividade Física e Saúde). A moderação da sessão estará ao cargo de Ricardo Louro.

A participação nas sessões do Saber + para Viver Melhor é de entrada livre e sem necessidade de inscrição prévia. Os participantes terão ainda oportunidade de colocar questões e dúvidas aos especialistas que compõem o painel de convidados.

Mais informações acerca desta e doutras iniciativas da Associação Teia D’Impulsos em www.teiadimpulsos.pt e na página de facebook da Teia D’Impulsos.

 

Portimão, 25 de Fevereiro de 2019

A Direção da Teia D’Impulsos

 

, , , ,

O doente oncológico no centro do próximo Teia D’Ideias

O Teia D’Ideias está de volta para mais um espaço de debate aberto à sociedade civil.  É já no próximo dia 7 de Fevereiro, pelas 21h00, que se realiza na Casa Manuel Teixeira Gomes, em Portimão, a primeira tertúlia de um ciclo que se decorrerá ao longo de todo o ano de 2019, sempre abordando temas na ordem do dia e que apelam a uma participação activa dos cidadãos.

Esta primeira sessão será subordinada ao tema “O suporte da comunidade ao doente oncológico – Que respostas, que lacunas?”. O papel do meio envolvente no tratamento e recuperação dos doentes oncológicos, bem como no apoio às respectivas famílias, estará no cerne desta mesa-redonda que pretende esclarecer sobre as soluções que existem actualmente e o que ainda falta fazer na região neste âmbito.

Entre os participantes neste espaço de debate, estarão: A Liga Portuguesa Contra o Cancro – Dr.ª Vanda Serrano; Centro Hospitalar do Algarve – Dr.ª Magda Cordeiro; Segurança Social – Dr.ª Mª do Rosário Lourenço e Dr.ª Marília Redondo; Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos do Barlavento – Dr.ª Jovana Bjelanovic; Laço Brilhante -Sónia Pacheco, Projeto ONNCOVIDA com Rafaela Mendes e  Dr. Luís Quintino com o seu livro “Geometria do Amor- Na luta contra o Cancro”.

Esta sessão do Teia D’Ideias enquadra-se na actividade desenvolvida pelo projecto HOPE da Associação Teia D’Impulsos. O projecto HOPE visa a criação de condições para uma melhoria da qualidade de vida dos doentes oncológicos do Barlavento algarvio, promovendo a acessibilidade a diferentes terapias e actividades que resultem no seu bem-estar e na adopção de estilos de vida que potenciem a sua saúde e uma vivência tranquila no seu processo de doença.

Mais informações acerca desta e de outras iniciativas da Associação Teia D’Impulsos em www.teiadimpulsos.pt ou através do e-mail geral@teiadimpulsos.pt.

 

Portimão, 29 de Janeiro de 2019

A Direção da Teia D’Impulsos

 

 

 

, ,

O Suporte da comunidade ao doente oncológico – Que respostas, que lacunas? | Teia D’Ideias 5

O Teia D’Ideias enceta o ciclo de Tertúlias para este ano, no próximo dia 07 de Fevereiro às 21h, com o tema “O suporte da comunidade ao doente oncológico – Que respostas, que lacunas?” a acontecer na Casa Manuel Teixeira Gomes em Portimão, com o intuito de dar a conhecer a visão de várias entidades e convidados, acerca das Respostas e Lacunas ao doente Oncológico e família, no Algarve.

 

No âmbito desta temática, estará representado o Projecto HOPE, um dos projetos da Associação Teia D’Impulsos, que tem como grande objetivo sedimentar o papel desta Associação, na sociedade local e regional, como promotora do apoio ao doente oncológico e impulsionadora da discussão e reflexão sobre as mais diversas temáticas de interesse regional.

 

Participe e contribua com a seu impulso!!

 

,

ForTalk “Cidadania Participativa no Impulso ao Desenvolvimento Regional”

 

Após se iniciarem no dia 8 de Dezembro, com o Dia Aberto do Espaço Raiz para a comunidade portimonense, as comemorações do 1º aniversário do Espaço Raiz terminam com uma noite onde a Cidadania Activa será o mote de conversa.

No dia 12 de Dezembro, a partir das 21h no Espaço Raiz, Bruno António, Director Executivo da Dypall Network, vai protagonizar a ForTalk “Cidadania Participativa no Impulso ao Desenvolvimento Regional”, onde certamente abordará a sua experiência neste campo da promoção da participação social activa, principalmente dos mais jovens. Esta ForTalk será inspiradora para o lançamento do Projecto Aradismo – Rede de Intervenção para o Desenvolvimento da Bacia do Arade.

Nas duas edições já realizadas das Jornadas do Arade, emergiu um novo conceito, o “Aradismo”, que se baseia na constatação de que um movimento concertado para o desenvolvimento dos 4 concelhos do território da bacia do arade, nas suas mais variadas vertentes, pode ter um importante impacto para a região. Surgiu então a ideia da criação de grupos de trabalho no seio da sociedade civil com o objectivo de reflectir e discutir estratégias e soluções para a promoção e desenvolvimento do território da Bacia do Arade. Este desafio foi acolhido com entusiasmo pela associação Teia D’Impulsos, do qual resultou no lançamento do projecto “Aradismo”.

No dia 12 de Dezembro serão apresentados os grupos de trabalho para os quais irão ser abertas inscrições. A participação nestes grupos está aberta a todos os que pretendam participar e exercer o seu direito de cidadania. Para participar, os interessados deverão inscrever-se no local ou preenchendo o formulário disponível em www.teiadimpulsos.pt.

Esta noite ficará ainda assinalada pelo balanço do que já se passou no primeiro ano de vida do Espaço Raiz, bem como com a projeção do que se pretende para este espaço num futuro a curto e médio prazo. Existirá ainda a oportunidade de assinatura dos protocolos de colaboração entre a Teia D’Impulsos e as outras Associações que já usufruem deste espaço para a realização das suas actividades.

A entrada nesta iniciativa é livre e não necessita de inscrição prévia. O Espaço Raiz encontra-se situado em Portimão na Rua Francisco Daniel (antiga Escola Primária da Pedra Mourinha). Mais informações acerca desta e doutras iniciativas da Associação Teia D’Impulsos em www.teiadimpulsos.pt e na página de facebook da Teia D’Impulsos.

 

Portimão, 07 de Dezembro de 2017

A Direção da Teia D’Impulsos

, , ,

Tertúlia “O Impacto do Voluntariado” em balanço

Após uma interrupção de cerca 3 anos, o Teia D’Ideias regressou à tribuna. Foi na passada noite de 5 de Dezembro na Casa Manuel Teixeira Gomes em Portimão, que teve lugar o 1º Episódio da 4ª Série de tertúlias Teia D’Ideias subordinada ao tema “O Impacto do Voluntariado para o Desenvolvimento Económico e Social Local”, precisamente no dia em que se assinalava o Dia Mundial do Voluntariado para o Desenvolvimento Social e Económico. Em 1985, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o dia 5 de dezembro como o dia internacional do voluntário, de forma a dar a conhecer e promover as ações de voluntariado em todas as esferas da sociedade. Foi também este o grande objectivo desta edição do Teia D’Ideias a um nível local.

O painel de participantes na tertúlia foi constituído por Teresa Mendes, Vereadora da Câmara Municipal de Portimão; José Vieira, representante da Delegação do Algarve do IPDJ; Frederico Lemos, pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Amparo e um dos responsáveis pelo seu Centro Social; José Sousa, 2º Comandante dos Bombeiros Voluntários de Portimão em representação da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Portimão; Manuela Santos, Presidente da Cáritas da Paróquia da Igreja Matriz de Portimão; e Maria Fernanda Teixeira, Presidente da Associação Elos de Esperança (voluntários da Unidade Hospitalar de Portimão do Centro Hospitalar Universitário do Algarve).

O mote para o debate foi precisamente dado por um texto publicado recentemente por Maria Fernanda Teixeira: “Ao doarem a sua energia e a sua generosidade, os voluntários respondem a um impulso básico: o desejo de ajudar, de colaborar, de compartilhar alegrias, de aliviar sofrimentos, de compaixão e de solidariedade. Altruísmo e responsabilidade são sentimentos profundamente humanos.”

Teresa Mendes partilhou com os presentes a visão do município de Portimão em relação à importância que o voluntariado tem a nível local, não apenas na dimensão socio-caritativa, mas também em outras dimensões como a cultura, a divulgação do património, ou o desporto. Apesar de não existir ainda um programa específico para a promoção do voluntariado a nível municipal, a autarquia esforça-se por apoiar as associações e colectividades onde os voluntários exercem a sua atividade. José Vieira falou-nos dos vários programas que o IPDJ tem de promoção do voluntariado para os mais jovens e alertou para a situação da procura dos mais jovens por estas experiências ser inclusivamente superior à oferta que está disponível. Salientou a importância da formação dos voluntários, chamando a atenção para a legislação vigente e para os direitos e deveres que os voluntários têm, bem como para as responsabilidades das entidades que usufruem do trabalho voluntário.

Frederico Lemos, José Sousa, Manuela Santos e Maria Fernanda Teixeira partilharam as suas experiências pessoais como voluntários, bem como a atividade desenvolvida actualmente pelas entidades de onde são provenientes. Foi salientado o volume e o impacto que o trabalho voluntário tem no desenvolvimento da importante atividade social que estas associações desempenham na comunidade portimonense.

Da discussão que se seguiu destacam-se algumas ideias importantes, nomeadamente: a importância que o trabalho voluntário tem no crescimento pessoal e social dos mais jovens; a necessidade das escolas serem mais pró-activas na promoção do voluntariado; a constatação de que existe actualmente uma vasta oferta de diferentes formas de voluntariado disponíveis para todas as gerações; a importância do voluntariado na aquisição de competências sociais e na formação do caracter com valores como a disciplina, o esforço, o trabalho e o compromisso; a necessidade de oferta de formação geral sobre o voluntariado para a população, tomando como exemplo os programas que o IPDJ tem disponíveis para os mais jovens.

É de realçar no entanto, que quem se entrega a este ato de cidadania dedica-se muitas vezes mais horas semanais do que as 35 horas dum trabalhador. É necessário também proteger esta generosidade de cada um destes voluntários, de forma a que não haja aproveitamento das entidades responsáveis dum trabalho não remunerado que já não se pode considerar voluntariado. Importa garantir que o voluntariado não seja um substituto de mão-de-obra.

Para terminar a tertúlia, todos os participantes foram convidados a lançar uma ideia ou um repto para a promoção do voluntariado de forma a aumentar ainda mais o seu impacto para o desenvolvimento económico e social a nível local. Ficaram registadas as seguintes ideias:

  • Lançamento em Portimão dum programa de valorização do voluntariado. Dar visibilidade às instituições que promovem o voluntariado e dar visibilidade ao trabalho que os voluntários desenvolvem. Criação pelo município dum prémio de Boas Práticas para premiar projectos de voluntariado locais.
  • Desenvolver um trabalho de coordenação com as várias associações e outras entidades que na cidade acolhem o trabalho voluntário, de forma a coordenar e divulgar a oferta existente a nível local para todos os interessados.
  • Cultivar nas escolas um espírito de cidadania e participação ativa sensibilizando e estimulando os mais jovens para o voluntariado.
  • Valorizar o trabalho do voluntário, não de forma monetária, mas de outras formas como o reconhecimento social, vantagens sociais a nível municipal, realização de atividades recreativas a eles dedicadas, etc.
  • Criação de programas de formação não específica em Voluntariado, que sejam de fácil acesso e sem custos associados para todos os interessados em participar.

O Teia D’Ideias é um projecto do Centro Cidadania Activa e Intervenção Cívica (CAIC) da Teia D’Impulsos com o apoio da Câmara Municipal de Portimão.