, ,

A Escola e o Desporto – Serão os temas debatidos no próximo Teia D’Ideias

O próximo Teia D’Ideias terá lugar no dia 11 de Abril pelas 21.00h, subordinado ao tema “A Escola e o Desporto” [Programa da Capital Europeia do Desporto] a acontecer na Casa Manuel Teixeira Gomes em Portimão.

Participe!

 

,

Parentalidade no séc. XXI- que desafios é tema do Teia d’Ideias

O próximo Teia d’ Ideias  tem como tema de debate a “Parentalidade no séc.XXI – que desafios?”

A parentalidade é uma área de grande relevância na atualidade, e apesar da esmagadora maioria dos pais considerar a parentalidade como a “melhor experiência das suas vidas”, o medo, o receio e as dúvidas em relação a este processo fundamental atormenta os pais, principalmente, por receio de errarem e de não conseguirem cumprir os seus objetivos, influenciando negativamente o percurso de vida dos seus filhos.

Emerge assim a necessidade de debater esta temática na nossa sociedade, com o objetivo principal de abordar os desafios dos pais na sociedade atual, verificando as respostas que existem para colmatar as dificuldades vivenciadas pelas famílias num dos papeis mais importantes da vida, a parentalidade.

Entre os participantes neste debate estarão o Dr. Fernando Guerreiro – Ginecologista /Obstetra CHUA ; Drª Inês Serras –  Pediatra HPA Saúde; Drª Kelley Rocha – Psicóloga CHUA e o Dr. Horácio Paulino – Pediatra HPA Saúde

O próximo Teia D’Ideias terá lugar no próximo dia 21 de Março, pelas 21.00 horas, na Casa Manuel Teixeira Gomes, Portimão.

 

 

, ,

Teia d’Ideias volta a ser espaço de debate aberto à sociedade civil

O doente oncológico é tema central do primeiro Teia d’ideias – 7 de fevereiro

Casa Manuel Teixeira Gomes

No dia 7 de fevereiro, pelas 21h00, o ciclo de tertúlias Teia d’ ideias está de volta à Casa Manuel Teixeira Gomes para mais uma temporada de debates abertos à participação da sociedade cívil que, durante o ano irá abordar temas que estão na ordem do dia e que a apelam a uma participação ativa dos cidadãos.

A primeira sessão será subordinada ao tema: O suporte da comunidade ao doente oncológico – Que respostas, que lacunas?”. O papel do meio envolvente no tratamento e recuperação dos doentes oncológicos, bem como no apoio às respectivas famílias, estará no centro desta mesa-redonda que pretende debater sobre as soluções que existem actualmente e o que ainda falta fazer na região neste âmbito.
Entre os participantes neste debate estarão: A Liga Portuguesa Contra o Cancro – Dr.ª Vanda Serrano; Centro Hospitalar do Algarve – Dr.ª Magda Cordeiro; Segurança Social – Dr.ª Mª do Rosário Lourenço e Dr.ª Marília Redondo; Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos do Barlavento – Dr.ª Jovana Bjelanovic; Laço Brilhante -Sónia Pacheco, Projeto ONNCOVIDA com Rafaela Mendes e Dr. Luís Quintino, autor do livro “Geometria do Amor- Na luta contra o Cancro”.

Esta iniciativa é promovida pela Associação Teia D’Impulsos e conta com o apoio do Município de Portimão, sendo que ao longo do ano de 2019 serão vários os temas de debate.
Esta iniciativa é promovida pela Associação Teia D’Impulsos que em breve lançará o projeto HOPE, especialmente dedicado ao “doente oncológico” com vista à melhoria da qualidade das suas condições de vida, procurando promover a acessibilidade a diferentes terapias e actividades que resultem no seu bem-estar e na adopção de estilos de vida que potenciem a sua saúde e uma vivência tranquila no seu processo de doença.

O longo do ano de 2019 serão vários os temas que irão ser traduzidos ao debate nomeadamente ligados à temática desportiva sendo Portimão Cidade Europeia do Desporto, contando esta iniciativa com o apoio do Município.

Mais informações acerca desta e de outras iniciativas da Associação Teia D’Impulsos em www.teiadimpulsos.pt ou através do e-mail geral@teiadimpulsos.pt.

 

, , , ,

O doente oncológico no centro do próximo Teia D’Ideias

O Teia D’Ideias está de volta para mais um espaço de debate aberto à sociedade civil.  É já no próximo dia 7 de Fevereiro, pelas 21h00, que se realiza na Casa Manuel Teixeira Gomes, em Portimão, a primeira tertúlia de um ciclo que se decorrerá ao longo de todo o ano de 2019, sempre abordando temas na ordem do dia e que apelam a uma participação activa dos cidadãos.

Esta primeira sessão será subordinada ao tema “O suporte da comunidade ao doente oncológico – Que respostas, que lacunas?”. O papel do meio envolvente no tratamento e recuperação dos doentes oncológicos, bem como no apoio às respectivas famílias, estará no cerne desta mesa-redonda que pretende esclarecer sobre as soluções que existem actualmente e o que ainda falta fazer na região neste âmbito.

Entre os participantes neste espaço de debate, estarão: A Liga Portuguesa Contra o Cancro – Dr.ª Vanda Serrano; Centro Hospitalar do Algarve – Dr.ª Magda Cordeiro; Segurança Social – Dr.ª Mª do Rosário Lourenço e Dr.ª Marília Redondo; Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos do Barlavento – Dr.ª Jovana Bjelanovic; Laço Brilhante -Sónia Pacheco, Projeto ONNCOVIDA com Rafaela Mendes e  Dr. Luís Quintino com o seu livro “Geometria do Amor- Na luta contra o Cancro”.

Esta sessão do Teia D’Ideias enquadra-se na actividade desenvolvida pelo projecto HOPE da Associação Teia D’Impulsos. O projecto HOPE visa a criação de condições para uma melhoria da qualidade de vida dos doentes oncológicos do Barlavento algarvio, promovendo a acessibilidade a diferentes terapias e actividades que resultem no seu bem-estar e na adopção de estilos de vida que potenciem a sua saúde e uma vivência tranquila no seu processo de doença.

Mais informações acerca desta e de outras iniciativas da Associação Teia D’Impulsos em www.teiadimpulsos.pt ou através do e-mail geral@teiadimpulsos.pt.

 

Portimão, 29 de Janeiro de 2019

A Direção da Teia D’Impulsos

 

 

 

, ,

O Suporte da comunidade ao doente oncológico – Que respostas, que lacunas? | Teia D’Ideias 5

O Teia D’Ideias enceta o ciclo de Tertúlias para este ano, no próximo dia 07 de Fevereiro às 21h, com o tema “O suporte da comunidade ao doente oncológico – Que respostas, que lacunas?” a acontecer na Casa Manuel Teixeira Gomes em Portimão, com o intuito de dar a conhecer a visão de várias entidades e convidados, acerca das Respostas e Lacunas ao doente Oncológico e família, no Algarve.

 

No âmbito desta temática, estará representado o Projecto HOPE, um dos projetos da Associação Teia D’Impulsos, que tem como grande objetivo sedimentar o papel desta Associação, na sociedade local e regional, como promotora do apoio ao doente oncológico e impulsionadora da discussão e reflexão sobre as mais diversas temáticas de interesse regional.

 

Participe e contribua com a seu impulso!!

 

,

O Património Religioso do Algarve no DiVaM

No dia 26 de Maio, pelas 16h00, a Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe irá acolher o evento “Fé e Memória”, organizado pela Associação Teia D’Impulsos e integrado na edição de 2018 do DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos.

Os espaços patrimoniais e as tradições religiosas do Algarve dão o mote à tertúlia Teia D’Ideias que irá abrir o evento com um desafio: Pensar o Património Religioso do Algarve com os olhos no futuro. A dar corpo ao debate, estarão seis convidados: Rui Parreira, arqueólogo e Director de Serviços de Bens Culturais da Direcção Regional de Cultura do Algarve; Antónia Fialho Conde, professora do Departamento de História da Universidade de Évora e investigadora integrada do CIDEHUS – Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades, que integrou o projecto “Memórias religiosas e ação patrimonial no Mediterrâneo. Coexistência confessional e afirmação patrimonial”; Susana Paté Gomes, responsável pelo Serviço de Conservação e Restauro do Museu Municipal de Faro; o Padre Miguel Neto, director do Sector da Pastoral do Turismo da Diocese do Algarve e fundador da ArtGilão – Atividades Religiosas e Turísticas de Tavira; Andreia Pintassilgo, designer de comunicação e autora da dissertação de mestrado “Como comunicar uma manifestação religiosa no século XXI: o caso da Mãe Soberana em Loulé”; e Susana Martins de Sousa, delegada da Associação Espaço Jacobeus no Algarve e mestre em marketing turístico com a tese  “Memórias de Santiago: do Património aos Itinerários dos Peregrinos”.

Seis especialistas com perspectivas e abordagens diversas sobre a memória e o património religioso no Algarve irão reflectir sobre o seu estado presente, os desafios previstos e as ameaças sentidas, sempre com os olhos no futuro. Que estratégias para comunicar este património? Como envolver as novas tecnologias na sua preservação e mediação? E o turismo religioso – deve ser uma aposta do Algarve? Estas e outras questões animarão o debate cuja moderação estará a cargo de Nuno Silva.

Mas a tarde não fica completa sem um espaço para a música. O grupo coral Adágio, dirigido pelo maestro António Alves Alferes Pereira, irá brindar os presentes com um repertório de música medieval e renascentista que promete uma viagem no tempo até aos sons e melodias contemporâneas dos primórdios da ermida de Nossa Senhora de Guadalupe.

A acção “Fé e Memória” terminará com um cocktail com degustação de produtos regionais disponibilizados pela Mercearia Algarve.

Como vê, são muitas as boas razões para passar a tarde de sábado, dia 26 de Maio, na ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, com um novo olhar sobre o nosso passado e a nossa identidade regional.

“Fé e Memória” é uma acção com o apoio da Direcção Regional de Cultura do Algarve e integrada no Ano Europeu do Património 2018.

Mais informações acerca desta e outras iniciativas da Associação Teia D’Impulsos em www.teiadimpulsos.pt ou através do e-mail geral@teiadimpulsos.com.

 

Portimão, 10 de Maio de 2018

A Direcção Teia D’Impulsos

,

“Identidade e Revitalização dos Centros Antigos” é o tema do próximo Teia D’Ideias

 

O PROJECTO CIDADANIA ACTIVA & INTERVENÇÃO CÍVICA [CAIC] assume-se como um dos projectos-âncora da Associação Teia D’Impulsos, com o grande objectivo de sedimentar o papel que a Teia D’Impulsos desempenha na sociedade local e regional como promotora da cidadania activa e impulsionadora da discussão e reflexão sobre as mais diversas temáticas de interesse regional.

Neste sentido, o Teia D’Ideias volta a marcar presença no próximo dia 22 de Fevereiro de 2018, pelas 21h00, na Sociedade Vencedora Portimonense. É bem no coração do centro antigo de Portimão que iremos reflectir sobre o tema da “Identidade e Revitalização dos Centros Antigos”.

Nesta partilha de exemplos a serem apresentados e debatidos como forma de revitalização dos centros históricos das cidades, contaremos no nosso painel de convidados com a presença de Joaquim Mealha da Casa da Cultura de Loulé, Nuno Pereira da Associação LAC – Lagos, Lucinda Caetano, investigadora “A Forma e a Identidade da Cidade” e Renato Figueira, da Sociedade de Gestão Urbana de Vila Real de Santo António e Davide Alpestana, da Associação de Desenvolvimento Comercial da Zona Histórica de Faro.

O formato do Teia D’Ideias é livre e flexível consistindo na realização de uma tertúlia aberta à sociedade civil onde todos os participantes podem manifestar as suas opiniões e ideias.

 

Mais informações sobre esta ou outras iniciativas da Associação  Teia D’Impulsos: www.teiadimpulsos.pt, página de facebook da Teia D’Impulsos ou do Espaço Raiz.  Poderá contactar-nos através do email geral@teiadimpulsos.pt ou para o número 910174814.
Portimão,19 de Fevereiro de 2018
A Direção da Teia D’Impulsos

 

, , ,

Tertúlia “O Impacto do Voluntariado” em balanço

Após uma interrupção de cerca 3 anos, o Teia D’Ideias regressou à tribuna. Foi na passada noite de 5 de Dezembro na Casa Manuel Teixeira Gomes em Portimão, que teve lugar o 1º Episódio da 4ª Série de tertúlias Teia D’Ideias subordinada ao tema “O Impacto do Voluntariado para o Desenvolvimento Económico e Social Local”, precisamente no dia em que se assinalava o Dia Mundial do Voluntariado para o Desenvolvimento Social e Económico. Em 1985, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o dia 5 de dezembro como o dia internacional do voluntário, de forma a dar a conhecer e promover as ações de voluntariado em todas as esferas da sociedade. Foi também este o grande objectivo desta edição do Teia D’Ideias a um nível local.

O painel de participantes na tertúlia foi constituído por Teresa Mendes, Vereadora da Câmara Municipal de Portimão; José Vieira, representante da Delegação do Algarve do IPDJ; Frederico Lemos, pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Amparo e um dos responsáveis pelo seu Centro Social; José Sousa, 2º Comandante dos Bombeiros Voluntários de Portimão em representação da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Portimão; Manuela Santos, Presidente da Cáritas da Paróquia da Igreja Matriz de Portimão; e Maria Fernanda Teixeira, Presidente da Associação Elos de Esperança (voluntários da Unidade Hospitalar de Portimão do Centro Hospitalar Universitário do Algarve).

O mote para o debate foi precisamente dado por um texto publicado recentemente por Maria Fernanda Teixeira: “Ao doarem a sua energia e a sua generosidade, os voluntários respondem a um impulso básico: o desejo de ajudar, de colaborar, de compartilhar alegrias, de aliviar sofrimentos, de compaixão e de solidariedade. Altruísmo e responsabilidade são sentimentos profundamente humanos.”

Teresa Mendes partilhou com os presentes a visão do município de Portimão em relação à importância que o voluntariado tem a nível local, não apenas na dimensão socio-caritativa, mas também em outras dimensões como a cultura, a divulgação do património, ou o desporto. Apesar de não existir ainda um programa específico para a promoção do voluntariado a nível municipal, a autarquia esforça-se por apoiar as associações e colectividades onde os voluntários exercem a sua atividade. José Vieira falou-nos dos vários programas que o IPDJ tem de promoção do voluntariado para os mais jovens e alertou para a situação da procura dos mais jovens por estas experiências ser inclusivamente superior à oferta que está disponível. Salientou a importância da formação dos voluntários, chamando a atenção para a legislação vigente e para os direitos e deveres que os voluntários têm, bem como para as responsabilidades das entidades que usufruem do trabalho voluntário.

Frederico Lemos, José Sousa, Manuela Santos e Maria Fernanda Teixeira partilharam as suas experiências pessoais como voluntários, bem como a atividade desenvolvida actualmente pelas entidades de onde são provenientes. Foi salientado o volume e o impacto que o trabalho voluntário tem no desenvolvimento da importante atividade social que estas associações desempenham na comunidade portimonense.

Da discussão que se seguiu destacam-se algumas ideias importantes, nomeadamente: a importância que o trabalho voluntário tem no crescimento pessoal e social dos mais jovens; a necessidade das escolas serem mais pró-activas na promoção do voluntariado; a constatação de que existe actualmente uma vasta oferta de diferentes formas de voluntariado disponíveis para todas as gerações; a importância do voluntariado na aquisição de competências sociais e na formação do caracter com valores como a disciplina, o esforço, o trabalho e o compromisso; a necessidade de oferta de formação geral sobre o voluntariado para a população, tomando como exemplo os programas que o IPDJ tem disponíveis para os mais jovens.

É de realçar no entanto, que quem se entrega a este ato de cidadania dedica-se muitas vezes mais horas semanais do que as 35 horas dum trabalhador. É necessário também proteger esta generosidade de cada um destes voluntários, de forma a que não haja aproveitamento das entidades responsáveis dum trabalho não remunerado que já não se pode considerar voluntariado. Importa garantir que o voluntariado não seja um substituto de mão-de-obra.

Para terminar a tertúlia, todos os participantes foram convidados a lançar uma ideia ou um repto para a promoção do voluntariado de forma a aumentar ainda mais o seu impacto para o desenvolvimento económico e social a nível local. Ficaram registadas as seguintes ideias:

  • Lançamento em Portimão dum programa de valorização do voluntariado. Dar visibilidade às instituições que promovem o voluntariado e dar visibilidade ao trabalho que os voluntários desenvolvem. Criação pelo município dum prémio de Boas Práticas para premiar projectos de voluntariado locais.
  • Desenvolver um trabalho de coordenação com as várias associações e outras entidades que na cidade acolhem o trabalho voluntário, de forma a coordenar e divulgar a oferta existente a nível local para todos os interessados.
  • Cultivar nas escolas um espírito de cidadania e participação ativa sensibilizando e estimulando os mais jovens para o voluntariado.
  • Valorizar o trabalho do voluntário, não de forma monetária, mas de outras formas como o reconhecimento social, vantagens sociais a nível municipal, realização de atividades recreativas a eles dedicadas, etc.
  • Criação de programas de formação não específica em Voluntariado, que sejam de fácil acesso e sem custos associados para todos os interessados em participar.

O Teia D’Ideias é um projecto do Centro Cidadania Activa e Intervenção Cívica (CAIC) da Teia D’Impulsos com o apoio da Câmara Municipal de Portimão.

Dia 5 de Dezembro é dia de reflectir sobre o Voluntariado

A missão da Teia D’Impulsos como promotora da cidadania activa e impulsiona dora da discussão e reflexão sobre as mais diversas temáticas de interesse regional ganhou forma com os 3 ciclos de Teia D’Ideias, um total de 27 tertúlias muito participadas, que decorreram entre 2011 e 2014, dando origem à publicação de dois livros com as principais conclusões destas reuniões. Após uma interrupção de cerca 3 anos, o Teia D’Ideias está de regresso!

No dia 05 de Dezembro às 21h na Casa Manuel Teixeira Gomes em Portimão, terá lugar o 1º Episódio da 4ª Série de tertúlias Teia D’Ideias subordinada ao tema O Impacto do Voluntariado para o Desenvolvimento Económico e Social Local, precisamente no dia em que se assinala o Dia Mundial do Voluntariado para o Desenvolvimento Social e Económico.

Pretende-se gerar uma reflexão sobre a importância que o voluntariado desempenha nas mais diversas áreas de actividade e como este contribui para o desenvolvimento social e económico da localidade, apresentando também alguns exemplos da forma como o voluntariado cumpre o seu papel no terreno.

Para isso contaremos no nosso painel de convidados com a presença de Isilda Gomes, Presidente da Câmara Municipal de Portimão; Frederico Lemos, pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Amparo e um dos responsáveis pelo seu Centro Social; José Sousa, 2º Comandante dos Bombeiros Voluntários de Portimão em representação da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Portimão; Manuela Santos, Presidente da Cáritas da Paróquia da Igreja Matriz de Portimão; e Maria Fernanda Teixeira, da Presidente da Associação Elos de Esperança (voluntários da Unidade Hospitalar de Portimão do Centro Hospitalar Universitário do Algarve).

O Teia D’Ideias é um projecto do Centro Cidadania Activa e Intervenção Cívica (CAIC) da Teia D’Impulsos com o apoio da Câmara Municipal de Portimão.

, , ,

Regresso do Teia D’Ideias e 1º Aniversário do Espaço Raiz

A Teia D’Impulsos – Associação Social, Cultural e Desportiva, em parceria com a Câmara Municipal de Portimão e integrado no Programa das Comemorações do Dia da Cidade de Portimão, tendo ainda como mote o Dia Mundial do Voluntariado para o Desenvolvimento Económico Social (05 de Dezembro) e o assinalar do 1º Aniversário do Espaço Raiz, apresenta um programa de actividades que vão decorrer de 5 a 12 de Dezembro de 2017.

Após uma interrupção de cerca 3 anos, o Teia D’Ideias está de regresso. No dia 05 de Dezembro às 21h na Casa Manuel Teixeira Gomes em Portimão, terá lugar o 1º Episódio da 4ª Série de tertúlias Teia D’Ideias subordinada ao tema O Impacto do Voluntariado para o Desenvolvimento Económico e Social Local, precisamente no dia em que se assinala o Dia Mundial do Voluntariado. Pretende-se gerar uma reflexão sobre a importância que o voluntariado desempenha nas mais diversas áreas de actividade e como este contribui para o desenvolvimento social e económico da localidade, apresentando também alguns exemplos da forma como o voluntariado cumpre o seu papel no terreno. Para isso contaremos no nosso painel de convidados com a presença de Isilda Gomes, Presidente da Câmara Municipal de Portimão; Frederico Lemos, pároco da Paróquia de Nossa Senhora do Amparo e um dos responsáveis pelo seu Centro Social; José Sousa, da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Portimão; Manuela Santos, da Cáritas da Matriz de Portimão; e Maria Fernanda Teixeira, da Associação Elos de Esperança.

No dia 08 de Dezembro, entre as 10h e as 18h, o Espaço Raiz abre-se à comunidade para celebrar o seu 1º aniversário de existência, com um dia repleto de actividades protagonizadas por algumas das associações e outras organizações que “habitam” este espaço, que desde o dia 7 de Dezembro de 2017 alberga a sede da Associação Teia D’Impulsos. Entre as várias ofertas a destacar um Mercado de Natal, Exposições, Workshops, Aulas de Demonstração, Música, etc. A participação nas actividades é gratuita e não necessita de inscrição prévia, à excepção do Mercado de Natal no qual poderá inscrever-se enquanto participante através do link goo.gl/aAqePn. Este Dia Aberto do Espaço Raiz tem a organização da Teia D’Impulsos, Junta de Freguesia de Portimão e Associação Contra-Maré com o apoio do Município de Portimão.

Finalmente, no dia 12 de Dezembro, às 21h no Espaço Raiz, as comemorações do 1º aniversário do Espaço Raiz terminam com uma noite onde a Cidadania Activa será o mote de conversa. Bruno António, Director Executivo da Dypall Network, vai protagonizar a ForTalk “Cidadania Participativa no Impulso ao Desenvolvimento Regional”, onde certamente abordará a sua experiência neste campo da promoção da participação social activa, principalmente dos mais jovens. Esta ForTalk será inspiradora para o lançamento do Projecto Aradismo – Rede de Intervenção para o Desenvolvimento da Bacia do Arade, onde serão apresentados os grupos de trabalho para os quais irão ser abertas inscrições para todos os que pretendam participar e exercer o seu direito de cidadania.

Mais informações acerca desta e doutras iniciativas da Associação Teia D’Impulsos em www.teiadimpulsos.pt e na página de facebook da Teia D’Ipulsos.

 

Portimão, 30 de Novembro de 2017

A Direção da Teia D’Impulsos