Babilé já iniciou a Volta ao Mundo e a Vela Solidária está a bordo

Babile

O Sonho Começou!!!
Rodeados por familiares e amigos o João Liberato e a Natali Santos subiram a bordo do “Babilé” para zarparem de Portimão rumo à Volta ao Mundo que os levará a cruzar os 5 oceanos e a tocarem os sete continentes.
Mais de uma centena de pessoas estiveram na Marina de Portimão para se despedirem e desejarem boa viagem ao João e à Natali, nesta aventura que irá durar três anos e que os colocará em contacto com uma diversidade imensa de pessoas e culturas.
No mar, a acompanhá-los nas primeiras milhas percorridas, rumo ao porto de Lanzarote, estiveram lado a lado com o “Babilé” mais de duas dezenas de embarcações com miúdos e graúdos que quiseram partilhar os primeiros minutos desta experiência.
Para além de toda esta vivência, das emoções e de uma enorme alegria que emanava do “Babilé”, também os valores da Vela Solidária eram bem presentes, pois o acreditar e lutar pelos objectivos de vida, transpondo adversidades e impondo a auto superação, são a base de todo este projecto e será aquilo que fará o João e a Natali chegarem sempre a um porto seguro.
Acompanhe o João e a Natali a bordo do Babilé e assista às actividades que irão promover enquanto Embaixadores da Vela Solidária, através das páginas www.facebook.com/ondeestaobabile? e www.facebook.com/vela.solidaria.

Nota de Imprensa 34-2013

Embaixadores da Vela Solidária em Volta ao Mundo

Volta Mundo

O João Liberato, portimonense de gema, e a Natali Santos nascida no Brasil, no dia 10 de Novembro de 2013 darão inicio à concretização do sonho que os une – realizarem uma volta ao mundo numa embarcação à vela. Esta volta ao mundo está prevista durar três anos e há mais de um ano que o João e a Natali estão a preparar o Babilé para esta aventura.
O Babilé é uma embarcação em ferro, com cerca de 20 anos e que teve de ser praticamente toda reconstruida para dispor das condições de habitabilidade, conforto e segurança necessárias para que este jovem casal possa cruzar os cinco oceanos e vencer os ventos dos quatro quadrantes.
No próximo dia 10 de Novembro, o João e a Natali irão zarpar de Portimão acompanhados pelas cores, valores e actividades da Vela Solidária. O João e a Natali irão assumir o papel de Embaixadores da Vela Solidária, com o objectivo de divulgarem este projecto pelos vários pontos do mundo onde irão passar. O João e a Natali terão como missão demonstrar as potencialidades da prática da vela nas populações mais desfavorecidas, assim como sensibilizar os poderes locais, as escolas e empresas para os benefícios a médio e longo prazo, da integração socio – desportiva destas populações.

Nota de Imprensa 33-2013

Rios de Adrenalina e Vela Solidária navegam lado a lado

vela2

Pelo segundo ano consecutivo a associação Teia D’Impulsos e o seu projecto Vela Solidária foram os parceiros da Junta de Freguesia de Portimão para desenvolver o projecto “Rios de Adrenalina”.
O período de férias escolares de Verão, muitas vezes provoca preocupações acrescidas aos pais, familiares e instituições que têm a tutela de menores, que carecem de ensino especial, que estão referenciados pelas mais diversas razões ou para os quais a respostas sociais são diminutas.
A Junta de Freguesia de Portimão, consciente desta lacuna temporal na formação destes jovens, desde há alguns anos a esta parte que tenta potenciar a integração social e promover a formação desportiva e cívica destes jovens, com recurso ao “Rios de Adrenalina”.

O projecto “Rios de Adrenalina” promove a integração social, a relação inter cultural, o desenvolvimento cognitivo e a igualdade de oportunidades com base em actividades desportivas, nomeadamente através da prática da vela. O projeto Vela Solidária, fazendo uso da experiência adquirida ao longo dos últimos três anos de actividades e da qualificação dos seus técnicos, garante a realização das actividades e o atingir dos objectivos mencionados. Esta é uma parceria com excelentes resultados alcançados mas em que o processo é extremamente intenso e por vezes difícil de gerir, nomeadamente no que respeita às relações interpessoais, à capacidade de lidar com o insucesso e à vontade destes jovens se auto superarem.

O “Rios de Adrenalina” 2013 contou com a participação de 22 jovens que, durante quatro semanas riram, aprenderam a velejar, choraram, brincaram, gritaram, mergulharam, mas sobretudo “Rumaram a Um Futuro Melhor”.

Nota de Imprensa 26-2013

óptimos resultados no campeonato nacional de vela adaptada

nacional VS1

Dois pódios no Campeonato Nacional de Vela Adaptada, que se realizou em Viana do Castelo nos dias 28, 29 e 30 de Junho, são o resultado de seis meses de trabalho e de uma vontande enorme de provocar uma mudança positiva na vida de pessoas portadoras de deficiência física.
O João Pinto, o António Guilherme Ribeiro e o Luís Ramalho que estão integrados no projecto Vela solidária da associação Teia D’Impulsos e que representam o Iate Clube da Marina de Portimão, abraçaram em dezembro de 2012 este desafio e hoje são uma referência para tantas outras pessoas portadoras de deficiência.
O Velejador João Pinto sagrou-se Campeão Nacional de Access 2.3, embarcação individual, não tendo dado qualquer oportunidade aos concorrentes mais diretos – ganhou todas as regatas disputadas com bastante distância para os seus adversários mais directos. O segundo lugar foi conquistado pelo velejador Pedro Reis, do Clube Naval de Cascais e o velejador Fernando Pinto do Sport Clube do Porto fechou o pódio.
Já na classe dupla, Access 303, o António Guilherme Ribeiro e o Luís Ramalho, mostraram grande vontade e determinação em chegar ao pódio, tendo alcançado o segundo lugar atrás da equipa do Clube de Vela de Viana do Castelo composta por José Carcalheiro e Jorge Freiria. O terceiro lugar foi conquistado pela equipa de Filipe Leite e Benjamim Machado do Clube Naval de S. João do Porto.

nacional VS2

Os recursos para participarmos neste Campeonato Nacional de Vela Adaptada foram enormes e só foram possiveis graças ao apoio incondicional do Iate Clube da Marina de Portimão, ao Clube Naval de Portimão que nos cedeu uma viatura, à Associação Regional de Vela do Sul e à Associação Portuguesa da Classe Access que nos cederam duas embarcações. Um agradecimento especial também ao Luís Matos, ao Tiago Águas, ao Ricardo Santana e ao Vitor Dias, membros da Associação Teia D’Impulsos, que abdicaram dos seus trabalhos e famílias para serem voluntários nesta deslocação a Viana do Castelo, durante quatro dias.
É importante relembrar que a Vela Solidária é um projecto que que assenta nas parcerias e patrocinios e por isso mesmo, Um Muito Obrigado a todos os nossos parceiros e patrocinadores. Orgulhosos da nossa missão, “Rumamos a Um Futuro Melhor”.

Fundação EDP apoia a Vela Solidária

fotografia EDP solidaria

A Fundação EDP realizou no Museu da Electricidade a cerimónia para divulgação dos resultados da 10ª Edição da EDP Solidária que este ano contou com a candidatura de 1211 instituições de solidariedade social, cooperativas, federações e confederações de todo o país.
Todas as candidaturas submetidas reflectiam um enorme potencial e valor social, levando a EDP Solidária a depositar a sua confiança em 51 desses projectos e a apoia- los num valor total de 1,5 milhões de euros.
O Dr. António Almeida, presidente da Fundação EDP, realçou o facto do projeto EDP Solidária não se tratar de um patrocínio mas sim, de uma parceria em que cada cêntimo empregue e cada acção desenvolvida serão avaliadas de forma criteriosa, de forma a elevar o valor social e garantir a sustentabilidade de cada um dos projectos apadrinhados.
Será estabelecida uma relação de confiança e de compromisso entre a Fundação EDP e cada um dos 51 projectos seleccionados, dos quais a Vela Solidária – Projeto da Associação Teia D’Impulsos, terá uma responsabilidade acrescida, uma vez que foi o único projeto da região do Algarve que convenceu os ilustres membros do júri – João Lobo Antunes, Maria de Lurdes Rodrigues, Luís Valente de Oliveira, entre outros – do seu valor social e da capacidade de desenvolver parcerias que garantam a sua sustentabilidade.
O esforço, dedicação e profissionalismo aplicados desde o primeiro dia na Vela Solidária, têm sido merecedores de reconhecimento por parte do sector privado, quer seja a nível nacional, como é o caso da Fundação EDP, quer seja de âmbito regional ou local onde várias empresas apoiam o projeto.

Nota de Imprensa 22-2013

João Pinto Conquista o 2º Lugar no Campeonato da Europa de Access 303

João Pinto

Realizou-se entre os passados dias 7 e 12 de Maio, o Campeonato da Europa de Vela Adaptada em Arbon, na Suíça.
Estiveram presentes cerca de 70 velejadores, em 6 classes diferentes e em representação de 13 paises. Este é um evento que ocorre de dois em dois anos e que reune os melhores velejadores europeus com o objetivo de atingirem o mais alto lugar no pódio do velho continente. A Vela Solidária e o Iate Clube da Marina de Portimão também estiveram presentes com a participação do velejador João Pinto nas classes Access 303 single e Access 303 duplo.
Este foi um grande desafio para o João, pois para além de apenas se encontrar a navegar em classes de vela adaptada desde Dezembro de 2012, o Campeonato da Europa foi a primeira prova em que navegou na classe Access 303. Esta foi também a primeira vez que o João participou numa prova de âmbito europeu.

Apesar de todos os desafios e das condições de vento muito instáveis, o 2º lugar na classe Access 303 foi conquistado pelo João Pinto, numa luta renhida até à última regata do campeonato, entre 26 velejadores. O 1º lugar do pódio foi conquistado pelo velejador francês Gilles Guyon e o 3º pelo português Carlos Araújo.
Já na classe Access 303 duplos, com João Pinto nas escotas e Pedro Reis ao leme, o resultado alcançado foi de um 8º lugar da geral, entre 24 equipas. Entendemos que este foi um resultado muito positivo e que reflete o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela Vela Solidária.
Este pódio é dedicado a todos os velejadores da Vela Solidária e ao empenho que têm demonstrado, assim como a todos os parceiros e patrocinadores que nos têm permitido “Rumarmos a Um Futuro Melhor”.

Nota de Imprensa 18-2013

João Pinto Conquista lugar para representar Portugal no Europeu de Vela Adaptada

DCIM100ATC9K

Realizou-se no passado fim de semana, em Aveiro, a 2ª prova de apuramento nacional da classe Access (classe de vela adaptada). O Iate Clube da Marina de Portimão e a Vela Solidária fez-se representar pelo velejador João Pinto, que mais uma vez mostrou que a dedicação e treino são duas ferramentas que ajudam a chegar ao 1º lugar.
Numa frota composta por 19 velejadores em representação de seis clubes de todo o país e com condições de vento fraco e instável, o João Pinto teve de se empenhar e colocar à prova todo o seu conhecimento para alcançar o 1º lugar do pódio.
Com adversários como o actual Campeão da Europa em título ou o quarto classificado no Campeonato do Mundo, a tarefa do João foi mais complicada do que em prova similar decorrida em Portimão no passado mês de Março. Ainda assim três 1os lugares, dois 2os e um 4º lugar justificaram o mais alto lugar do pódio. O 2º lugar foi ocupado pelo Pedro Reis do Clube Naval de Cascais e o 3º pelo
Fernando Pinto do Sport Clube do Porto. Os excelentes resultados alcançados pelo João Pinto colocam-no diretamente no
Campeonato da Europa de Access que se realiza em Arbon, na Suíça, entre os dias 9 e 13 de Maio.

Nota de Imprensa 16-2013

João Pinto e Retha Scheffer – 2 Campeões da Vela Solidária

vela 1

O fim de semana de 23 e 24 de Março foi repleto de momentos gratificantes para o projecto Vela Solidária, com o atingir de importantes objectivos. Em parceria com o Iate Clube da Marina de Portimão, realizou-se a 1.ª Prova de Apuramento Nacional da Classe Access (PAN), que contou com a participação de treze velejadores especiais, em representação de clubes do norte ao sul de Portugal. Esta prova de vela adaptada foi a primeira de duas provas que irão apurar os velejadores que representarão Portugal no Campeonato da Europa.
Apesar das condições de vento e corrente terem sido particularmente difíceis no anteporto de Portimão, o velejador João Pinto, da Vela Solidária, que corre com as cores do Iate Clube da Marina de Portimão, superou todas as expectativas e venceu 4 das 5 regatas disputadas. Desta forma, o João superiorizou-se a Pedro Reis, do Clube Naval de Cascais, actual campeão nacional e campeão da Europa em título, e que assim terminou a segunda posição.

vela 2

O domingo para além de ter sido o dia da afirmação desportiva do João Pinto, foi também o dia da concretização de um grande objectivo da madrinha da Vela Solidária Retha Scheffer. A Retha cumpriu os 21 km da Meia Maratona de Lisboa, corrida que concretizou com o objectivo da angarição de fundos para a vela adaptada. Todos podem apadrinhar contribuindo com 1€ por cada um dos 21 quilómetros percorrido pela Retha (21€). Esta é uma causa social e desportiva que merece o apoio e comparticipação de todos, para benefício de mais de 100 pessoas que participam em actividades regulares da Vela Solidária.

Nota de Imprensa 12-2013

Corrida Solidária pela Vela Solidária

Retha

A Retha Scheffer, com o patrocínio da Malibu Loja de Desporto irá promover uma corrida solidaria na Meia Maratona de Lisboa, no dia 24 de Março 2013, com o objectivo de angariar fundos para apoiar a Vela Solidaria em Portimão.
Este Corrida Solidária é um projecto inovador e ao alcance do apoio de todos bastando para tal doar 1€ por cada quilometro que a Retha correr. Contamos com a participação e contribuição de todos em mais esta iniciativa para “Rumar a Um Futuro Melhor”.

Participe na Corida Solidária. Informações em www.vela-solidaria.blogspot.com, http://www.facebook.com/vela.solidaria, vela.solidaria@gmail.com

Vamos todos apoiar a Retha! Boa sorte para a Meia-Maratona!

Lançamento da Vela Solidária 2013

Foto vela

O passado fim de semana foi um marco importante para a Vela Solidária, uma vez que foi efectuado o lançamento oficial do projecto para 2013 em duas cerimónias, na tarde de 02 de Março na Recepção da Marina de Lagos, em cerimónia que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Lagos, e, na tarde de 03 de Março no Tivoli Marina de Portimão.

Uma das grandes novidades deste terceiro ano de actividades passa pela chegada da Vela Solidária a Lagos, numa parceria com a Marina de Lagos Sailing Academy e a Marina de Lagos, que abraçaram a Vela Solidária e que irão desenvolver um importante trabalho junto da comunidade lacobrigense. Em Lagos as actividades ocorrerão 2 vezes por mês com a Unidade de Reabilitação Profissíonal e todos os sábados de manhã com as crianças do Lar de Jovens.

Foram muitos os velejadores, os parceiros e patrocinadores e os amigos que testemunharam estes 2 momentos e mais uma vez, apoiaram a Vela Solidária de forma incondicional, dando-nos a força que necessitamos para continuarmos a “Rumar a Um Futuro Melhor”

Nota de Imprensa 07-2013