Frescas da Rota: Edição 4

O melhor vem no fim

Parece que foi ontem, mas a Rota aproxima-se do final. Porém, não desanime. Ainda tem uma semana para pôr os seus petiscos em dia. Faltam alguns, não é verdade? Então, não guarde para amanhã, pois poderá ser tarde. Apronte-se, pegue no seu Passaporte e parta em direcção às mais deliciosas iguarias. Tem até dia 9 de Outubro para petiscar como se não houvesse amanhã.

Música na Rota

Na semana passada, tivemos acordeão para todos os gostos. Esta semana, prepare-se para outros registos. A Rota da Animação propõe-lhe uma viagem por Portugal fora. E começamos pelos nossos vizinhos alentejanos. Quinta-feira à noite, o centro de Portimão será invadido pelas modas do Alentejo – é o grupo Trovas Campestres. Sexta-feira, rumamos a Norte até à Terra dos Estudantes. Os Coimbra a Sul levam os fados de Coimbra à Zona Amarela da Rota. Mas não perdemos as raízes e na quinta-feira à noite, a Zona Ribeirinha de Portimão vai encher-se de música e animação com os Ferros & Acordeons.

Rota do Mundo

E porque não conjugar a volta a Portugal em música com uma volta ao mundo em petisco? A Rota do Mundo propõe-lhe uma viagem de sabores por Itália, Holanda, México, Japão, Cabo Verde e Turquia. Deixe-se levar por petiscos doutro(s) mundo(s). Consulte os menus aqui.

Faz Acontecer – Código E.U.

Desperte a Magia do Gigante que há em si – este é o desafio da palestra Faz Acontecer – Código E.U., promovida por Ricardo Mendoza. Marque na sua agenda: é na terça-feira, dia 4 de Outubro, pelas 21.00, na Casa Manuel Teixeira Gomes, em Portimão. A entrada é livre e poderá inscrever-se através do email info@mendoza.be.

Rotear com arte

Já deixou a sua marca na Rota? Não perca a oportunidade de dar asas à sua imaginação nos individuais da Rota. Traço a traço, poderá revelar-se o Artista da Rota 2016. Mas se é mais dado à fotografia, diga ao seu petisco: «Olhó passarinho!». Nem imagina o quão fotogénico ele pode ser! Vá até ao nosso site e saiba como participar na Rota da Ilustração e na Rota das Imagens Sagres.

2 replies
  1. Jorge Marques
    Jorge Marques says:

    Quero com esta simples missiva deixar a minha impressão sobre a Rota. Em termos gerais, e dos variadíssimos locais onde petisquei, sempre fui atendido com a maior simpatia e alegria no servir (com muito raras excepções). Quanto aos petiscos propriamente ditos, todos com muito boa qualidade (com um unico senão, no Silmar em Alvor foram servidas ameijoas miniatura e 50% delas apresentavam-se fechadas).
    Deixo como sugestão para a próxima realização, que em todos os locais só sejam servidas “Rotas” a quem se apresente com passaporte, e não com um passaporte por família, como vi nalguns casos.
    Que venha a próxima edição, e que tenha uma maior divulgação, bem antes de começar.
    Porque não alargar a Rota dos Petiscos a outras regiões do País ?
    BONS PETISCOS

    Responder
    • Carla Vieira
      Carla Vieira says:

      Obrigada, caro Jorge, pelo seu comentário. As opiniões dos participantes na Rota do Petisco têm sempre um grande valor para nós e são um importante contributo para a melhoria do evento.
      Esperamos voltar a encontrá-lo na Rota no próximo ano.

      Responder

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *